Terapia Individual

imagem-gotas2

“O ser humano precisa de tempo para descobrir aquilo que ele sempre foi”
(Rüdiger Dahlke)

A busca pelo autoconhecimento e a superação de dificuldades é o grande objetivo da psicoterapia, ou seja, descobrir as fragilidades e potencialidades para lidar de forma diferente com seus conflitos. A psicoterapia tem como eixo principal auxiliar o individuo a estar pleno com suas reais necessidades e desejos conseguindo estabelecer relações saudáveis em sua totalidade. Atinge os aspectos físicos, emocionais, sociais, afetivos, laborais, sexuais e familiares, seja na infância, na adolescência, na idade adulta ou na terceira idade.

A psicoterapia se faz necessária porque não conseguimos nos olhar de fora, estamos sempre dentro e, então neste momento somos cegos”(autor desconhecido)”

Nosso corpo costuma sinalizar com ansiedade, angústia, depressão, fobias, estresse e outras manifestações psíquicas e comportamentais quando algo dentro de nós não está bem cuidado.

A psicoterapia faz-se necessária quando a pessoa percebe que algo não está bom, mas não sabe bem o porquê e mesmo quando conhece os motivos não consegue melhorar. Ou quando já sente, tardiamente, os efeitos de aspectos emocionais não resolvidos há muito tempo através dos sintomas.

Por vezes, a necessidade de terapia é apenas para fechar uma etapa ainda em aberto. Prolongar o sofrimento sem ajuda psicológica por muito tempo pode provocar depressões, ou seja, a melancolia ou a tristeza sem explicação. Algumas pessoas vivem tristes por muito tempo como se estivessem conservando a dor, como é o caso do luto.

A psicoterapia é um tratamento que utiliza elementos e instrumentos próprios da psicologia para ativar processos conscientes e inconscientes que impedem o fluir das emoções, pensamentos e atitudes. Os processos inconscientes por vezes são revelados através de sonhos ou lapsos de percepção e memória.