Constelação Familiar – O que é

constelacao-fam

“A ciência universal das ordens do convívio humano, começando pelas relações familiares, ou seja, as relações entre homem e mulher e entre pais e filhos, incluso a sua educação, indo para as ordens do trabalho, na profissão e nas organizações, até as ordens entre grupos abrangentes como no caso de povos e culturas. Ela é ao mesmo tempo a scientia universalis sobre as desordens, que levam aos conflitos no convívio humano, as quais separam as pessoas invés de uni-las. Estas ordens e desordens e transferem ao corpo. Elas desempenham um importante papel no caso de doenças e da saúde física, anímica e espiritual”
(Bert Hellinger, Extraído: julho/17)

 

Palestra Introdução as Constelações Familiares realizada no Instituto de Gestalt Terapia e atendimento Familiar do Rio de Janeiro IGT-RJ:

As Constelações Familiares são uma prática terapêutica criada pelo alemão Bert Hellinger psicanalista, pedagogo e filósofo que desenvolveu a ciência universal das ordens da convivência humana e do amor humano. Em 2011, Hellinger foi indicado ao prêmio Nobel da Paz por seu trabalho ter levado paz e transformado muitas vidas e histórias pelo mundo, tem suas obras traduzidas para mais de 20 idiomas. Atualmente, Bert Hellinger tem 91 anos e vem ao Brasil acompanhando sua esposa Sofie Hellinger uma vez ao ano.

No termo original “familienaufstellung” Constelação Familiar significa “colocar a família na posição”. O método é conhecido e surpreendente por revelar dinâmicas inconscientes, intrincações* familiares e pessoais. A Constelação Familiar desbloqueia de forma definitiva, breve e profunda transformando o que era difícil, pesado e triste em harmonia, bem – estar e liberdade.

Para Hellinger, somos influenciados por padrões inconscientes, não apenas os próprios, mas os de todos os grupos aos quais pertencemos, principalmente pelos padrões de nosso sistema familiar direto. E são regidas por três leis básicas das relações humanas: o pertencimento, a ordem e o equilíbrio. Se agimos de acordo com estas leis, a vida e os relacionamentos fluem, os objetivos se desenvolvem e nossos resultados são direcionados para “o mais”. Se há desrespeito às leis mesmo que de forma inconsciente, somos expostos às consequências: a perda da saúde e dos bons relacionamentos e o fracasso.

No pertencimento: Pertencer a nossa família é nossa necessidade básica. Todas as pessoas têm o mesmo direito de pertencer.

A ordem: Cada um tem o seu lugar no sistema e é o tempo que rege esse princípio, que marca sua data de entrada no sistema. Do respeito as ordens, nasce um amor adulto e humilde, um amor muito fecundo.

O equilíbrio: Do dar e o receber. É a necessidade de equilibrar o dar e o receber amor e, o equilibrar o fazer e o receber dano para que a vida flua. Isso significa devolver o amor recebido por igual se queremos permanecer livres. E dar amor somente na medida em que o outro seja capaz de devolvê-lo.

“Ao fazer um círculo, oferece ao seu vizinho da esquerda sua mão esquerda com a palma virada para cima e ao vizinho da direita a mão direita com a palma virada para baixo. A mão esquerda é a da criança que recebe, a mão direita é a do adulto que dá.” (Brigitte de Ribes)

Bert Hellinger criou a Hellinger Sciencia® uma pratica terapêutica que cresce e se desenvolve no mesmo ritmo das emergências e urgências emocionais que a humanidade necessita. Segue evoluindo seguindo seu pensamento em confluência com a vida: das Constelações Familiares passou para o Movimento do Espirito, para as Constelações Mediais e recentemente Hellinger nos apresentou As Novas Constelações Familiares Cosmic Power, um novo olhar para a pratica das constelações. Agora chamadas de As Novas Constelações Familiares. Segundo Hellinger se o pensamento segue evoluindo, a ciência também segue.

* intrincações – as intrincações são oriundas de tragédias pessoais e familiares que marcam o sistema e aprisionam a alma da família e do indivíduo. Como por exemplo: acidentes automobilísticos com morte de entres queridos, falecimentos de pessoas jovens e desaparecimento de pessoas.